• Meu Carrinho
  • R$ 0,00
  • DDAVP 15mcg ml SOLUÇÃO INJETÁVEL COM 10 AMPOLAS DE 1ml
  • DDAVP 15mcg ml SOLUÇÃO INJETÁVEL COM 10 AMPOLAS DE 1ml

    código: 005032
    marca: FERRING

    R$ 1.211,00
    à vista no boleto



    VENDA EXCLUSIVA PELO TELEFONE

    Para adquirir este produto
    contate-nos: 0800.606.1410

    ou solicite o aviso por e-mail.

ESPECIFICAÇÕES:

Código: 005032
Código Barra:
Fabricante: FERRING

DESCRIÇÃO DO PRODUTO:

DDAVP® Hemo
Laboratórios Ferring Ltda.
Solução injetável 15 mcg/mL


DDAVP® Hemo Laboratórios Ferring
acetato de desmopressina


IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO
DDAVP® Hemo
acetato de desmopressina


APRESENTAÇÕES
Solução Injetável de 15 mcg/mL de acetato de desmopressina disponível em embalagens com 10
ampolas com 1 mL de solução estéril.


VIA INTRAVENOSA OU SUBCUTÂNEA


USO ADULTO


COMPOSIÇÃO
Cada mL de solução injetável contém:
acetato de desmopressina .................................................................. 15 mcg/mL
(equivalente a 13,4 mcg de desmopressina base livre)
Excipientes: cloreto de sódio, ácido clorídrico e água para injetáveis.


INFORMAÇÕES AO PACIENTE
Solicitamos a gentileza de ler cuidadosamente as informações abaixo. Caso não esteja seguro a respeito
de determinado item, favor informar ao seu médico.


1. PARA QUE ESTE MEDICAMENTO É INDICADO?
DDAVP® Hemo solução injetável está destinado para tratamento de:
- Redução ou normalização do tempo de hemorragia prolongada antes de uma terapia invasiva ou
intervenção de diagnóstico, na qual o tempo de hemorragia pode levar a uma complicação (uremia,
cirrose hepática, disfunção trombocítica induzida pelo medicamento, bem como para pacientes com
tempo de hemorragia prolongada de etiologia desconhecida).
- Para o tratamento ou para evitar hemorragia em cirurgias de pequeno porte em pacientes que sofrem
de hemofilia A leve e doença de von Willebrand, não sendo do tipo 2B. Em alguns casos, mesmo
formas moderadas da doença podem ser tratadas.


2. COMO ESTE MEDICAMENTO FUNCIONA?
DDAVP® Hemo contém acetato de desmopressina que demonstrou reduzir ou normalizar o tempo de
sangramento em pacientes com tempo de sangramento prolongado.
Altas doses de desmopressina auxiliam nos processos de coagulação sanguínea: elevando de duas a
quatro vezes a atividade do fator VIII, elevando também o antígeno do fator de Von Willebrand ao
mesmo tempo em que ocorre liberação do ativador plasminogênio (estas substâncias são importantes
para a coagulação sanguínea).


3. QUANDO NÃO DEVO USAR ESTE MEDICAMENTO?
Contraindicações
DDAVP® Hemo Solução Injetável não deve ser utilizado caso a resposta para algumas das perguntas a
seguir for “SIM”:
- Você possui alergia a desmopressina ou aos componentes da fórmula?.
- Você possui problemas renais?
- Você possui sede excessiva habitual ou psicogênica (resultando em produção de urina maior que 40
mL/kg/24 horas)?
- Você possui histórico de angina pectoris (dor no peito devido a diminuição de oxigênio no músculo
do coração) e/ou conhecida ou suspeita de insuficiência cardíaca (termo médico dado quando o coração
não consegue manter as necessidades circulatórias do organismo) e outras condições que necessitam de
tratamento com diuréticos (medicamentos que atuam no rim aumentando o volume e o grau de diluição
da urina)?
- Você possui hiponatremia (desequilíbrio na concentração de eletrólitos no sangue, principalmente o
sódio)?
- Você possui doença de von Willebrand tipo II B (distúrbio da coagulação do sangue)?


Este medicamento pode ser utilizado durante a gravidez desde que sob prescrição médica ou do
cirurgião-dentista.


4. O QUE DEVO SABER ANTES DE USAR ESTE MEDICAMENTO?
Advertências e Precauções
DDAVP® Hemo solução injetável deve ser utilizado com cautela nos seguintes casos:
- pacientes muito jovens ou idosos;
- condições caracterizadas por desequilíbrio de eletrólitos e/ou líquidos orgânicos;
- pacientes com risco de aumento na pressão intracraniana;
- pacientes com predisposição para a formação de trombos; e
- pacientes com problemas nas coronárias e/ou com doença cardiovascular (hipertensos).


Recomenda-se que durante a noite da administração de desmopressina, não mais que 240 mL de
líquidos devem ser ingeridos.


Devem ser tomadas medidas para prevenir o excesso de líquidos em pacientes que necessitam de
tratamento com diuréticos.


É muito rara a ocorrência de trombos e devido à possibilidade de aumento ou diminuição da pressão
arterial e dos batimentos cardíacos com o uso de DDAVP® Hemo, o médico deve avaliar o risco e
benefício do uso em pacientes com presença ou suspeita de doença tromboembólica ou cardiovascular.


Deve-se ter atenção especial quanto ao risco de retenção de líquidos / diminuição dos níveis de sódio
no sangue. A ingestão de líquidos deve ser restrita à menor possível e o peso corpóreo deve ser
verificado regularmente. Se houver um aumento gradual no peso corpóreo, redução do sódio no sangue
para abaixo de 130 mol/L ou osmolalidade plasmática abaixo de 270mOsm/kg de peso corpóreo, a
ingestão de líquidos deve ser reduzida drasticamente e a administração de DDAVP® Hemo deve ser
interrompida.
DDAVP® Hemo não reduz o tempo de sangramento prolongado em situações nas quais há
trombocitopenia severa (grande redução do número de plaquetas no sangue).
O tratamento com a desmopressina deve ser reavaliado durante a fase aguda de doenças e o balanço
eletrolítico deve ser monitorado com cautela, especialmente em situações de sangramento excessivo.


Advertências e precauções para populações especiais
Cuidados especiais devem ser observados quanto aos pacientes idosos, principalmente quanto aos
cardíacos que façam uso de diuréticos.
DDAVP® Hemo deve ser usado com cautela no tratamento de idosos, devido ao risco de intoxicação
hídrica.


Efeito na capacidade de dirigir veículos e operar máquinas
DDAVP® Hemo Solução Injetável não possui efeito na habilidade de dirigir veículos e operar
máquinas.


Gravidez e lactação
Estudos limitados com mulheres grávidas que possuem diabetes insípídus que utilizaram
desmopressina indicam não haver efeitos adversos da desmopressina na gravidez ou na saúde do
feto/recém-nascido. Não há dados epidemiológicos relevantes. Estudos em animais não indicam efeitos
nocivos na gravidez, desenvolvimento fetal, parto e desenvolvimento pós-natal. Deve-se ter cautela
quando a desmopressina for prescrita para mulheres grávidas.
Em doses terapêuticas, sabe-se que a desmopressina é transferida para o leite materno em quantidades
muito menores que as necessárias para influenciar na diurese


Este medicamento pode ser utilizado durante a gravidez desde que sob prescrição médica ou do
cirurgião-dentista.


Interações medicamentosas
Substâncias suspeitas de induzir a síndrome de secreção inapropriada do hormônio antidiurético
(SIADH), por exemplo, antidepressivos tricíclicos, inibidores seletivos de recaptura de serotonina,
clorpropamida, clorpromazina carbamazepina, clorfibrato,fludrocortisona e uréia, podem causar um
efeito antidiurético adicional, levando ao risco aumentado de retenção de fluido / hiponatremia.
Os anti-inflamatórios não esteroidais (AINEs) podem induzir a retenção de líquidos / hiponatremia
(redução do sódio no sangue).
Lítio, heparina, demeclociclina, noradrenalina podem diminuir o efeito antidiurético. Medicamentos
bloqueadores ganglionares podem aumentar a sensibilidade dos efeitos pressores da desmopressina.
Devido ao mecanismo de ação da desmopressina e ação esperada deste medicamento não é
recomendado o uso concomitante com os agentes antifibrinolíticos como a aprotinina.


Interações com alimentos e álcool
Não há dados disponíveis até o momento sobre a interferência de DDAVP® Hemo solução injetável
com alimentos.
O álcool pode diminuir o efeito antidiurético de DDAVP Hemo solução injetável.


Informe ao seu médico ou cirurgião-dentista se você está fazendo uso de algum outro
medicamento.


Não use medicamento sem o conhecimento do seu médico. Pode ser perigoso para a sua saúde.


5. ONDE, COMO E POR QUANTO TEMPO POSSO GUARDAR ESTE MEDICAMENTO?
DDAVP® Hemo solução injetável deve ser conservado sob refrigeração (entre 2°C e 8°C).


Número de lote e datas de fabricação e validade: vide embalagem.
Não use medicamento com o prazo de validade vencido. Guarde-o em sua embalagem original.


A solução injetável não deve ser armazenada após a abertura da ampola.


Após a diluição de DDAVP® Hemo, a administração deve ser feita imediatamente.


Aspecto físico
Ampolas com solução injetável incolor livre de partículas com volume nominal de 1 mL..


Características organolépticas
Veja Aspecto físico.
Antes de usar, observe o aspecto do medicamento. Caso ele esteja no prazo de validade e você
observe alguma mudança no aspecto, consulte o farmacêutico para saber se poderá utilizá-lo.


Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.


6. COMO DEVO USAR ESTE MEDICAMENTO?
Modo de usar
DDAVP® Hemo deve ser utilizado por via subcutânea ou intravenosa.


Posologia
- Para redução, normalização ou controle terapêutico do sangramento e prevenção do sangramento
antes de uma cirurgia:


DDAVP® Hemo deve ser administrado de 30 a 60 minutos antes de uma intervenção cirúrgica quando
administrado pela via intravenosa e 60 minutos antes de uma intervenção cirúrgica quando
administrado pela via subcutânea.
Dilui-se 0,3 mcg/kg do peso corpóreo em solução fisiológica estéril até 50 a 100 mL e administra-se
como uma infusão intravenosa durante 15 a 30 minutos ou 0,3 mcg/kg como uma injeção subcutânea.


- Para o tratamento de pacientes com hemofilia A (distúrbio da coagulação sanguínea) o aumento
desejado do fator VIII:C é avaliado pelo mesmo critério que o tratamento com o fator VIII
concentrado. Caso a infusão de DDAVP® Hemo não leve ao aumento desejado da concentração do
VIII:C no plasma, o tratamento pode ser complementado com a administração do fator VIII
concentrado. O tratamento de pacientes hemofílicos deve ser realizado baseado na análise dos exames
laboratoriais de coagulação do paciente.


Determinação dos fatores de coagulação e tempo de sangramento antes do tratamento com DDAVP®
Hemo: os níveis plasmáticos de VIII:C e vWF:Ag aumentam substancialmente após a administração de
desmopressina. No entanto, não foi possível estabelecer qualquer correlação entre a concentração
plasmática destes fatores e o tempo de sangramento, tanto antes, quanto após a desmopressina. O efeito
da desmopressina sobre o tempo de sangramento deve ser, se possível, testado individualmente no
paciente.


O teste de tempo de sangramento deve ser padronizado conforme possível, como por exemplo,
utilizando testes comerciais disponíveis no mercado. A determinação do tempo de sangramento e dos
níveis plasmáticos dos fatores de coagulação deve ser realizada conforme orientação médica.


- Tratamento de controle:
A concentração do VIII:C no plasma deve monitorado regularmente, pois em alguns casos foi
observada uma diminuição do efeito após doses repetidas.


Durante a administração de DDAVP® Hemo, a pressão sanguínea do paciente deve ser cuidadosamente
monitorada.


Siga a orientação de seu médico, respeitando sempre os horários, as doses e a duração do
tratamento. Não interrompa o tratamento sem o conhecimento do seu médico.


7. O QUE DEVO FAZER QUANDO EU ME ESQUECER DE USAR ESTE MEDICAMENTO?
Casa ocorra esquecimento de administração, entrar em contato com o médico.
Em caso de dúvidas, procure orientação do farmacêutico ou de seu médico, ou cirurgião-dentista.


8. QUAIS OS MALES QUE ESTE MEDICAMENTO PODE ME CAUSAR?
As reações adversas que podem ocorrer são:
Reação comum (ocorre entre 1% e 10% dos pacientes que utilizam este medicamento): dor de cabeça e
fadiga (em altas doses); queda da pressão com aumento dos batimentos cardíacos e vermelhidão na
face (no momento da administração, quando administrado em grandes doses); dor abdominal e náusea.
Reação rara (ocorre entre 0,01% e 0,1% dos pacientes que utilizam este medicamento): tonturas (em
altas doses)
Reação muito rara (ocorre em menos de 0,01% dos pacientes que utilizam este medicamento):
hiponatremia (diminuição da quantidade de sódio no sangue)


O tratamento sem a redução de ingestão de líquidos pode levar a retenção de fuidos/hiponatremia com
ou sem sinais e sintomas (dores de cabeça, enjoo/vômito, diminuição dos níveis de sódio no sangue,
ganho de peso e em casos severos, convulsão).


Podem ocorrer dor e inchaço no local da injeção.


Pode ocorrer em alguns pacientes o aumento de pressão arterial. Ocasionalmente pode ocorrer
trombose cerebral e coronariana.


Também podem ocorrer reações de alergia ao produto.
Relatos mostram casos isolados de reação cutânea e reação alérgica severa.


Atenção: este produto é um medicamento que possui nova concentração no país, e embora as
pesquisas tenham indicado eficácia e segurança aceitáveis, mesmo que indicado e utilizado
corretamente, podem ocorrer eventos adversos imprevisíveis ou desconhecidos. Nesse caso,
informe seu médico.


9. O QUE FAZER SE ALGUÉM UTILIZAR UMA QUANTIDADE MAIOR DO QUE A
INDICADA DESTE MEDICAMENTO?
A superdose de DDAVP® Hemo pode levar a retenção de líquidos e a diminuição dos níveis de sódio
no sangue. Os sintomas são os mesmos da intoxicação hídrica, sendo dor de cabeça, náusea, retenção
de líquidos, hiposmolalidade (baixa quantidade no sangue de sódio, glicose e uréia), diminuição da
quantidade de urina, depressão do sistema nervoso central, convulsões e edema pulmonar.
Embora o tratamento para hiponatremia seja individualizado, podem ser dadas as seguintes
recomendações gerais: descontinuar o tratamento com a desmopressina, restringir o volume de líquidos
ingeridos e tratamento sintomático, se necessário.


Em caso de uso de grande quantidade deste medicamento, procure rapidamente socorro médico e
leve a embalagem ou bula do medicamento, se possível. Ligue para 0800 722 6001, se você
precisar de mais orientações.


DIZERES LEGAIS


VENDA SOB PRESCRIÇÃO MÉDICA


USO RESTRITO A HOSPITAIS
MS: 1.2876.0015
Farm. Resp.: Helena Satie Komatsu - CRF/SP 19.714


Fabricado por: Rechon Life Science AB
Limhamn, Suécia


Embalado por: Ferring International Center SA – FICSA
St. Prex, Suíça


Importado, comercializado e registrado por: Laboratórios Ferring Ltda.
Praça São Marcos, 624
05455-050 - São Paulo – SP
CNPJ: 74.232.034/0001-48
SAC: 0800 772 4656
www.ferring.com.br

MEDICAMENTOS NEFROLOGIA
informacao







FORMAS DE PAGAMENTO:
Credenciado RedeCard Correios Google Safebrowsing RapidSSL 256Bit Security ConB2c E-commerce SupraSoft
Hera Medicamentos | CNPJ: 09.021.458/0002-82 - MJR Medicamentos | CNPJ 20.390.576/0001­10